Demolição de parte do prédio em um conjunto residencial, que está afundando, em Jaboatão dos Guararapes (PE); processo deve levar 4 dias.

Técnicos da Defesa Civil já iniciaram o processo de demolição do bloco B do Conjunto Residencial Sevilha, em Piedade, Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, que está afundando desde quinta-feira. O muro do conjunto foi derrubado no início da manhã deste sábado (22), para liberar a entrada das máquinas e uma equipe trabalha na construção de um talude, espécie de plataforma de barro que servirá para elevar a escavadeira hidráulica. O processo de demolição começará pela parte de trás do prédio e a previsão é de que seja concluído em quatro dias.

De acordo com a diretora da Defesa Civil de Jaboatão, Rejane Lucena, toda a demolição será realizada em etapas. “Esperamos durante o processo resgatar os bens dos moradores”, afirmou. Além dos técnicos da Defesa Civil, encontram-se no local uma equipe do Corpo de Bombeiros e policiais militares. A diretora Rejane Lucena disse ainda que o grupo deverá trabalhar até as 20h deste sábado. A derrubada começará pelo terceiro andar até o térreo. A estratégia evitará novos desmoronamentos, já que a edificação corre risco de desabar a qualquer momento.

Nessa sexta-feira, o afundamento alcançou 1,4 metro. Nova fissura apareceu do lado direito do bloco B. Por causa do rebaixamento, o prédio aumentou o grau de inclinação e está quase encostado na parte da frente da edificação. De acordo com o engenheiro do Crea Stênio Cuentro, a máquina usada na demolição tem quatro toneladas de potência, o que vai facilitar a retirada dos escombros.

Técnicos do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Crea) e Defesa Civil do município iniciaram, nessa sexta, uma sondagem nos blocos A, C e D para avaliar as estruturas. Eles cavaram poços ao lado das fundações dos prédios para verificar os materiais usados na construção e as condições de estabilidade.

Quanto aos pedidos de indenização e aluguel para os proprietários do Sevilha, o presidente da Federação das Associações dos Moradores de Vilas de Cohab (Femocohab) disse que dará entrada na Justiça quarta-feira. Segundo Antônio Camelo, alguns moradores não forneceram documentação para o processo.

SITE: http://www.destaknewsbrasil.com.br/2007/12/comea-processo-de-demolio-de-prdio-em.html

 

About the author
Leave Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

clear formSubmit